População mundial chega a 8 bilhões; 3 bilhões não conhecem Jesus

  • 17/11/2022
População mundial chega a 8 bilhões; 3 bilhões não conhecem Jesus

A população global atingiu 8 bilhões na terça-feira (15), segundo projeções da ONU em seu mais recente relatório das Perspectivas da População Mundial. O aumento do número de habitantes no planeta apresenta novos desafios ao campo missionário.

De acordo com as projeções da ONU, embora a China seja o país mais populoso do mundo, a Índia deve liderar o ranking em 2023. Os Estados Unidos são o terceiro país mais populoso, seguido por Indonésia, Paquistão, Nigéria, Brasil, Bangladesh, Rússia e México.

As Nações Unidas sugerem que a população mundial pode crescer para cerca de 8,5 bilhões em 2030 e 9,7 bilhões em 2050. Pode ainda atingir um pico de 10,4 bilhões de pessoas na década de 2080 e permanecer nesse nível até 2100.

O relatório também afirma que muitos países tiveram quedas acentuadas na taxa de fecundidade. Hoje, em dois terços dos países, a fecundidade está abaixo de 2,1 nascimentos por mulher — o nível necessário para um crescimento “zero” a longo prazo, para uma população com baixa mortalidade. 

A previsão é que a população de 61 países diminuam 1% ou mais entre 2022 e 2050, devido aos baixos níveis de fecundidade e, em alguns casos, às elevadas taxas de emigração.

Espera-se que os países da África Subsaariana contribuam com mais da metade do aumento previsto até 2050, especialmente em regiões como: República Democrática do Congo, Egito, Etiópia, Índia, Nigéria, Paquistão, Filipinas e Tanzânia. 

A expectativa de vida global atingiu 72,8 anos em 2019, uma melhoria de quase 9 anos desde 1990. Prevê-se que novas reduções na mortalidade resultem em uma longevidade global média de cerca de 77,2 anos em 2050. 

Em 2021, a expectativa de vida para os menos desenvolvidos países ficaram 7 anos atrás da média global.

O desafio dos povos não alcançados

Das 8 bilhões de pessoas vivas no mundo hoje, pelo menos 3,37 bilhões vivem em grupos com pouco ou nenhum acesso ao Evangelho, de acordo com o Joshua Project, uma organização cristã que realiza estudos sobre povos não alcançados.

Isso significa que 42% da população mundial não conhece o Evangelho de Jesus Cristo.


Meninas em campo de refugiados em Bangladesh. (Foto: UN Women/Allison Joyce)

Segundo o Joshua Project, um povo é classificado como não alcançado quando não há nenhuma comunidade nativa de cristãos nascidos de novo, com recursos adequados para evangelizar esse grupo, sem assistência externa. 

Na prática, são países ou regiões com até 5% de cristãos praticantes ou 2% de evangélicos.

Janela 10/40

A maior parte deste grupo está localizada no que é chamado de Janela 10/40, que inclui a maioria dos muçulmanos, hindus e budistas do mundo, especialmente no norte da África, Oriente Médio e Ásia. Estas são também as áreas mais populosas do mundo, segundo o relatório da ONU.

Estima-se que 5,27 bilhões de pessoas habitem na Janela 10/40, divididas em aproximadamente 8.868 grupos distintos. 

O continente menos alcançado pelo Evangelho é a Ásia, de acordo com o Joshua Project. Em especial, os países do Sul Asiático, como Afeganistão, Bangladesh, Butão, Índia, Maldivas, Nepal, Paquistão e Sri Lanka.

Em seguida vem o Sudeste Asiático, que compreende Mianmar, Brunei, Camboja, Laos, Malásia, Singapura, Tailândia, Timor-Leste, Vietnã e Indonésia.

Para saber mais dados sobre os povos não alcançados, acesse (disponível apenas em inglês): joshuaproject.net

FONTE: http://guiame.com.br/gospel/missoes-acao-social/populacao-mundial-chega-8-bilhoes-3-bilhoes-nao-conhecem-jesus.html


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Top 5

top1
1. Anderson Freire

Raridade

top2
2. Bruna Karla

Advogado Fiel

top3
3. Aline Barros

Casa do pai

top4
4. Anderson Freire

Acalma o meu coração

top5
5. Aline Barros

Ressuscita-me

Anunciantes